About | Articles | O predicado impossível
Falha no sistema
A honestidade tem preço
published 21/02/2014 | # 29
sistema

José, ateu militante e materialista convicto trabalha na parte financeira e de sistemas do governo.

Especialista em informática, José descobriu uma falha grave no sistema em que trabalha via da qual poderia transferir até 10 milhões para a própria conta sem ser pego por qualquer controle.

O que impediria José de transferir o dinheiro? Quando se acredita numa ética transcendental, digamos, a do senso comum, claro que os argumentos seriam que tal dinheiro pertence a outras pessoas e, enquanto tais, essas pessoas merecem respeito pois trabalharam e contribuíram para o estado e, ainda, que os 10 milhões pertencem a todos, por mérito, blá, blá, blá...

Ocorre que pela visão materialista, este raciocínio seria impossível, especialmente se incluirmos em nossa análise elementos da teoria da evolução de Darwin, que determina a sobrevivência do mais forte. (Estão morrendo de fome na Etiópia? E daí? Faz parte da natureza.)

José foi o mais forte nesta circunstância, neste ambiente. Se alguém tiver alguma necessidade não atendida pela falta dos 10 milhões, isso faz parte das leis da natureza, são fracos e é destinado aos fracos o destino inverso daquele destinado aos fortes.

Poderíamos alegar, na tentativa de aproximar a ética materialista à ética do senso comum, que se José fosse à cúpula do governo e denunciasse a falha, tal atitude poderia rende-lhe uma grande recompensa, etc. etc. Esta é, sim, uma alternativa, mas muitos prefeririam, inteligentemente, os 10 milhões.

Nesta visão, se o indivíduo está numa posição em que pode aproveitar-se do sistema e não o faz, é um tolo. O corrupto não pego é, no fundo, no fundo, inteligente e forte e não merece repreensão, desde que não ponha seu grupo social em grave risco, pois, é interessante que o grupo social continue existindo para que as vantagens dele decorrentes possam ser aproveitadas. Na visão materialista o corrupto é, de fato, o mais forte e merece passar seus genes, desde que não seja pego pelo grupo social.

Óbvio que um materialista jamais admitirá publicamente que pensa dessa forma, pois, deve divulgar e propagar somente seus aspectos positivos para seu grupo social, do contrário perderá, no mínimo, a possibilidade de lucrar sobre ele. O grupo social, enquanto tal, jamais admitirá um comportamento individual nocivo, mas, individualmente cada materialista inteligente inevitavelmente pensa dessa forma.


back


More:
About
Pro-Gol Rankings
Equilíbrio Distante
Equidistante
RXI - Raio-X ideológico
Tabulender(sem link ainda)

Inspiring quotes:
Johann Wolfgang von Goethe:
Quem deseja ter razão, de certo a terá, com o mero facto de possuir língua.
Karl Marx:
Democracia é a estrada para o socialismo.
Mahatma Gandhi:
Não existe um caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho.
Adolf Hitler:
Torne a mentira grande, simplifique-a, continue afirmando-a, e eventualmente todos acreditarão nela.


Future possible posts:

Assunto: Reflexões sobre comportamentos nocivos à sociedade.Título provável:Indefinido.previsão: outubro/2015

Assunto: Convivência civilizada entre concorrentes. Diferenciando inimigos de adversários.Título provável:Carta aos meus inimigos.previsão: outubro/2015